Share This Post

Destaques / DJI / Notícias / Tecnologia

DJI disponibiliza MODO DE VÔO OFFLINE após polêmica com exército dos EUA

DJI disponibiliza MODO DE VÔO OFFLINE após polêmica com exército dos EUA

 

Empresa líder no desenvolvimento e fabricação no mercado de drones e imagens aéreas para uso comercial e recreativo, a DJI, esteve envolvida recentemente, respectivamente no início do mês de Agosto de 2017, numa polêmica com o exército norte-americano. Isso se deu devido a problemas relacionados com a segurança dos seus dispositivos.

As aeronaves não tripuladas tornaram-se uma das ferramentas mais complexas e poderosas dos exércitos, principalmente dos Estados Unidos. Com esses equipamentos os soldados podem realizar reconhecimentos locais e até organizar operações fatais sem colocar a vida dos combatentes em ameaça. Pensando na possibilidade que é evidente de que a empresa poderia estar armazenando os registros de vôos, como dados de posicionamento e imagens registradas por meio do dispositivo, os militares exigiram a suspensão do uso dos mecanismos da marca para evitar uma possível vulnerabilidade cibernética da informação e comunicação.

Um site especializado em drones chamado, sUAS News, divulgou um comunicado do exército dos Estados Unidos, no qual solicita que o uso de produtos DJI pelas forças armadas fosse intermitente.

Memorando do Exército dos EUA

 

Memorando de Registro norte-americano

O exército e a marinha dos Estados Unidos utilizavam mais de 300 dispositivos da marca DJI. Os drones comuns disponíveis ao público, a empresa arquivava no sistema dos EUA, China e Hong Kong, informações pessoais dos usuários, sendo eles, dados locais e imagens. A sUAS News, publicou no mês de maio do ano corrente, uma denúncia que os dados armazenados pelos drones civis da DJI ficavam disponíveis por meio de uma pesquisa simples nos mecanismos do Google, sem a autorização dos usuários. Em contato com o gerente de relações públicas da DJI, Michael Perry, afirma ao sUAS News:

Gerente de relações públicas DJI

 

DJI DRIBLANDO OBSTÁCULOS

Para driblar qualquer tipo de obstrução e continuar no topo do mercado da tecnologia a DJI prontamente anunciou uma opção que fornece um novo modo de dados locais offline, que impede a conexão de internet para os aplicativos de controle de vôo, isto é, nenhum modo de vôo é captado e salvo no sistema da DJI, dessa maneira aprimorando o serviço e garantindo credibilidade e estabilidade no quesito segurança e privacidade para os clientes corporativos, seja eles de organizações públicas ou privadas.

Esse novo método atende a expectativa dos clientes, e potencializa a preservação de dados de operações secretas, governamentais, comerciais e demais finalidades. O objetivo é bloquear qualquer conexão com a internet, logo, os pilotos que estiverem sobrevoando uma área restrita a vôos, bem como atualizações de software, aplicações e atualizações de mapas e informações geoespaciais não serão notificados no sistema, podendo acarretar outros tipos de limitações de desempenho. Entretanto, a DJI ressalta que esse critério foi provido por pedido popular, e não baseia-se com a intervenção do exército dos Estados Unidos.

A marca chinesa defende a ideia de reconhecer a importância da privacidade de seus clientes, e afirma não ter acesso aos registros de vôos e imagens de seus usuários, a não ser que os mesmos optem por sincronizar os dados com os servidores DJI.

A instituição tornou-se a primeira fabricante que defende a proteção de segurança de dados dos usuários como os EUA e governos europeus, no qual identificam os proprietários de aeronaves não tripuladas, considerando a sua privacidade. O diretor de parceria da DJI, Jan Gasparic, afirma que “À medida que mais desses clientes pediram garantias adicionais sobre como seus dados são tratados, o DJI mudou-se para atender às suas necessidades desenvolvendo o modo de dados locais para fornecer opções aprimoradas de gerenciamento de dados para os clientes que desejam usá-los”.

As versões futuras estarão disponíveis nas próximas semanas, onde será incluído o novo modo de vôo nos aplicativos DJI. Esses aplicativos correspondem ao DJI GO, DJI GO 4, DJI XT Pro, DJI Pilot e Ground Station Pro, todos processados através de tablets e smartphones.

Segundo Brendan Schulman, vice-presidente de políticas e assuntos jurídicos da DJI, “O modo de dados locais permitirá aos clientes tirar o máximo proveito de seus aplicativos de controle de vôo DJI, ao mesmo tempo em que fornecem garantia adicional de que dados críticos não são transmitidos inadvertidamente pela internet.”. 

Os usuários devem atentar-se quanto a esse novo sistema, pois o mesmo pode não estar ativo para locais que são exigidos conexão à internet, proveniente de regulamentos locais efetivados.

“Estamos satisfeitos em poder desenvolver o modo de dados locais como parte de nossa unidade para atender às necessidades de nossos clientes, bem como defender seus interesses”. Finaliza, Schulman.

No vídeo abaixo especialistas em segurança cibernética explanam algumas questões:

 

Para conferir estas informações seguem fontes utilizadas:

TecMundo: https://m.tecmundo.com.br/produto/120815-dji-anuncia-modo-voo-offline-drones-polemica-exercito.htm

https://www.tecmundo.com.br/seguranca/120418-exercito-eua-ordena-unidades-parem-usar-drones-dji.htm

sUAS News: https://www.suasnews.com/2017/08/us-army-calls-units-discontinue-use-dji-equipment/

myNewsdesk: https://www.mynewsdesk.com/uk/dji/pressreleases/dji-develops-option-for-pilots-to-fly-without-internet-data-transfer-2107376

DJI: https://www.dji.com/newsroom/news/dji-proposes-electronic-identification-framework-for-small-drones

Especialistas no YouTube: https://youtu.be/AmzIgfbLmZc

LINK PARA IMAGENS:

Imagem 1: http://www.cnetfrance.fr/i/edit/2016/06/dji-phantom-4-rev-05.jpg

Imagens 2, 3 e 4: https://www.suasnews.com/2017/08/us-army-calls-units-discontinue-use-dji-equipment/

Imagem 5: http://dronecentral.com.br/wp-content/uploads/2015/01/dji-phantom.jpg

Imagem 6: http://sobrefoto.com.br/wp-content/uploads/2014/11/DJI-Inspire-1-4-2-1024×682.jpg

 

Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Lost Password

Register

Pular para a barra de ferramentas