Share This Post

Destaques / Lançamentos / Notícias / Vídeos

Xiaomi FIMI X8 SE – ANÁLISE COMPLETA vs DJI MAVIC AIR

Xiaomi FIMI X8 SE – ANÁLISE COMPLETA vs DJI MAVIC AIR

E então hoje vamos falar sobre o Xiaomi FIMI X8 SE, mas antes de falar sobre ele eu queria perguntar uma coisa pra vocês.

A FIMI

A gente vê por aí gimbal que é FIMI, tem o FIMI A3, agora o FIMI X8, mas afinal, o que é essa FIMI? Bom pessoal, como vocês devem saber a XIAOMI é na verdade um grande ecosistema de empresas entre as quais está a FIMI, que é uma empresa de tecnologia chinesa que foi fundada em maio de 2014 e que detem uma série de patentes relacionadas à indústria dos drones como controladoras de vôo, sistemas wireless, mecatrônicos, de gimbal e de estabilização e processamento de imagem.

E isso é muito legal porque, a exemplo da DJI, a FIMI é uma empresa que desenvolveu e patenteou suas próprias tecnologias ao invés de tentar copiar ou recorrer para algum tipo de pirataria industrial, algo que infelizmente é bem comum entre empresas chinesas.

Dois anos após ser fundada, em 2016 a empresa lançou um dos maiores sucessos de venda do segmento de drones de consumo o Mi Drone, que no ano seguinte recebeu uma atualização batizada de Mi Drone 4K, por motivos bem óbvios.

 Mi Drone 4K

Ainda em 2017 lançou alguns modelos de câmeras e gimbal e em 2018 lançou seu segundo drone, o pequeno Mitu, que apesar de não dispor de tanta tecnologia, apostava no preço 30% menor para competir com o TELLO da RYZE e da DJI.

E 2018 aparentemente foi o ano em que a empresa resolveu interromper de vez mesmo o hiato de 2 anos sem lançar novos modelos de drones, e depois do Mitu ela já lançou outros 2. O Fimi A3, que nós já falamos nesse vídeo que está aparecendo agora aí pra vocês, e agora o Fimi X8 SE que nós vamos conhecer neste vídeo aqui.

O FIMI X8 SE

E a primeira coisa que a gente precisa entender é como ele se posiciona frente aos demais drones do mercado, o que é uma coisa bem fácil de se fazer pois se o Mitu concorre com o Tello, o FIMI A3 com o Spark, o Mi Drone com o Phantom, e seria meio injusto comparar ele com o Mavic Pro, então é óbvio que ele veio pra competir com o membro mais polêmico da familia do Mavic que é justamente o Mavic Air.

FIMI X8 SE

E ao contrário do que vimos no vídeo do Autel Evo, que é absurdamente parecido com o Mavic Pro, o FIMI X8 SE não lembra em nada o Mavic Air, a não ser pelo fato de ser pequeno e dobrável. Aliás, esteticamente falando ele lembra até mais o Mavic Pro do que o próprio Mavic Air.

Mas de nada adianta ter um corpinho esbelto se não for valente também, então é por isso que estamos aqui para mais um comparativo Dronemodelismo dos melhores drones de 2018. Vamos começar?

ALCANCE

Talvez alguns fiquem meio ofendidos quando eu digo que Mavic Air não é Mavic, mas pessoal eu não falo isso por mal, eu inclusive uso um em alguns tipos de trabalho e ele atende muito bem. Eu falo isso porque ele é bem diferente do restante da linha MAVIC e um dos aspectos que… eu não diria que frustrou, mas que as pessoas demoraram mais a assimilar é que o alcance do Mavic Air é bem menor que o dos Mavic que o pessoal conhecia até então. 4Km, ao contrário do PRO que consegue chegar aos 7Km. E isso chateou alguns porque a gente sabe que na prática esses 4Km às vezes se traduzem em 2Km ou até menos dependendo do local. E ninguém gosta de levar fail safe.

Já o FIMI X8 de cerca de 5Km e o fato é que esses 5Km certamente não são um número aleatório e a FIMI provavelmente sabe que alguns donos de Mavic Air não estão 100% satisfeitos com o alcance dele. Então apesar de não termos ainda nenhum teste de alcance real, mas baseado no desempenho do Mi Drone né que tem vídeos indo a mais de 5Km e tem se mostrado valente já ha um bom tempo, então por enquanto vitória pro FIMI X8.

FIMI X8 1 x 0 DJI Mavic Air

AUTONOMIA

Existe uma coisa nesse nosso mundo de Deus chamada lógica, que segundo a Wikipedia discute o uso de raciocínio em alguma atividade e é o estudo normativo e filosófico do raciocínio válido, ou seja, o contrário de lógica é papo le louco.

E não adiantaria de nada o FIMI X8 ter um alcance de 5Km se a autonomia dele não fosse compatível com esse alcance todo.

Seria ilógico.

Mas parece que a galera da FIMI manja bastante de lógica – ou pelo menos de marketing – porque segundo o site a autonomia do FIMI X8 é de… pasmem. 33 minutos a uma velocidade constante de 8m/s, o que dá cerca de 28Km/h. Já o Mavic Air, segundo o site da DJI cita uma autonomia de cerca de 21 minutos a 25Km/h constantes e meu, a diferença é muito grande.

O problema pessoal é que neste aspecto a FIMI anda sendo meio sem vergonha. Vejam pro exemplo o caso do Xiaomi FIMI A3 que no site constava 25 minutos e nos reviews que estão saindo agora não tem passado de 15 minutos.

Isso chega a ser ofensivo.

Então pessoal, conta contra o FIMI X8 o fato de as especificações de autonomia do A3 serem otimistas demais, mas conta a favor o fato de que o Mavic Air também não consegue na prática se manter no ar por muito mais do que 15 minutos apesar dos 25 anunciados. E apesar de me sentir ofendido como consumidor com esses números, não por uma mas pelas duas empresas, eu vou fazer uma aposta aqui e dar a vitória teórica pro…… FIMI X8 SE. Por que? Porque se e esse negócio não ficar no ar nem por metade do tempo anunciado pela XIAOMI, então essa empresa vai cair muito no meu conceito e, novamente por uma questão de lógica, espero que no de vocês também!

Então até o momento…

FIMI X8 2 x 0 DJI Mavic Air

CÂMERA

É óbvio que no segmento de drones para filmagens a câmera é um dos fatores mais importantes dentre todos, afinal de contas tem muito drone com GPS e tudo mais, mas com câmeras de qualidade mediana, e que custam bem baratinho. E aqui a gente só quer drone fodástico.

Do bom e do melhor.

Le crème de la crème.

E já que uma imagem vale mais do que mil palavras, dá uma olhada nesse vídeo aí, que ao menos teoricamente, deveria ter sido feito com um FIMI X8.

Fantástico né?

E agora que a gente já conseguiu balizar as espectativas, vamos dar uma olhadinha nos números.

Segundo o site, a exemplo do que já temos no Mavic Air, a câmera do X8 consegue gravar em até 4K a 30 quadros por segundo, o que coloca ele numa posição bem confortável pra esse segmento, pelo menos nesse quesito. O campo de visão é um pouco mais fechado que no Mavic, de apenas 78,8 graus frente aos 85 graus do Mavic Air.

Isso na prática significa que pro X8 conseguir o mesmo enquadramento que o Mavic Air ele precisa se distanciar um pouco mais. A abertura é menor né, então se ele der uma rézinha aí consegue pegar tudo.

Quanto à taxa de bits que eu sempre falo aqui e que é um aspecto super importante quando se fala em qualidade de vídeo, ambos também mandam muito bem já que gravam a até 100Mbps. Esse vídeo que eu momstrei pra vocês por exemplo, foi gravado a 60Mbps.

Ainda falando sobre as semelhanças, ambos contam com um sensor de mesmo tamanho, tem os mesmos ranges de ISO, são capazes de tirar fotos de 12Mp E salvá-las em JPG ou JPG + DNG, e contam com gimbal mecânico de 3 eixos.

Apesar disso não está claro se o X8 conta com algumas funcionalidades presentes no Mavic Air como o bracketing, o burst mode e o HDR, então por isso, por conta da tradição da DJI em produzir câmereas de absoluta qualidade, e pelo fato do Mavic Air ter um range de ISO maior para fotos quando em modo manual, então não me resta nada a não ser dar este ponto pro Mavic Air, de modo que:

FIMI X8 2 x 1 DJI Mavic Air

Mas foi por pouco viu. Vamos lá agora para o próximo quesito:

PORTABILIDADE

Bom pessoal, pra início de conversa eu queria fazer a seguinte observação. No vídeo do Fimi A3 o comparativo obviamente foi feito com o DJI Spark, já que se trata de um drone de entrada, pequeno, com gimbal de 2 eixos e com braços fixos. Apesar disso o A3 não era tão pequeno quanto um Spark, ficando mais próximo do tamanho de um Mavic Air, o que obviamente fez ele perder pontos nesse quesito de portabilidade. E o A3 é tão ruim em termos de portabilidade, algó pessimo ainda mais se tratando de um drone feito pra concorrer na categoria do Spark, que até o X8 é mais portátil que ele. Isso porque fechadinho ali pra botar na mala o X8 fica menor que o A3 e aberto fica pouca coisa maior.
Mas isso aí só por curiosidade né pessoal, já que isso aqui é uma série de vídeos então um vídeo pode complementar o que foi dito em outro, a exemplo do que falamos aqui sobre o tempo de vôo real do A3, que é uma informação que não existia quando eu gravei aquele vídeo. Mas o comparativo aqui é com o Mavic Air, e aí a coisa muda de figura.

Mavic Air vs FIMI X8 SE

Começa que o Mavic Air é bem mais leve, com 430g contra 790g do X8.

O conceito do rádio do X8 também poderia ser melhor aproveitado se aquela parte central não fosse rígida, o rádio ocuparia 1/3 do espaço e ganharia alguns pontos no meu conceito, mas ou não era possível ou eles não pensaram nisso. Não sei, independente dos motivos é uma pena.

Com relação ao tamanho, o Mavic Air quando dobrado, com os braços recolhidos, mede 168×83×49 mm enquanto o X8 mede 204x106x72,6mm.

Já com os braços estendidos, o Mavic Air fica com 213mm enquanto o X8 fica com 373mm.

E essa diferença parece meio grande demais pra mim, eu não tô com meu mavic air aqui pra medir mas são números oficiais dos sites das duas empresas, então neste quesito como com os braços recolhidos o Mavic Air é menor, por conta da ratiada com o rádio, e também por ele ser mais leve, então vamos ser objetivos e dar logo a vitória pro Mavic Air

FIMI X8 2 x 2 DJI Mavic Air

RECURSOS

Esse quesito é sempre o mais difícil de trabalhar pois esses drones vêm com tanta coisa embarcada que às vezes o negócio fica complicado. Pra terem uma ideia, no vídeo do Autel EVO eu tive que ler o manual do negócio porque nos sites simplesmente não tinha algumas informações. 

E pessoal, 2018 com certeza vai ficar marcado como o ano em que a concorrência encostou ali no para choque traseiro da DJI no sentido de ter parado de fazer drones de entrada e partido de vez pra sofisticação. E é claro que eu, tanto como consumidor quanto como entusiasta dessas coisas lindas aqui não poderia estar mais feliz.

Então vamos dar uma olhada em alguns recursos:

Dobrável, hélices dobráveis removíveis, guimbal de 3 eixos, filma em 4K a 40 frames e 100Mbps, muitos Km de alcance, grande autonomia, sistema ótico de posicionamento e anti-obstáculos, precision landing, transmissão de vídeo HD em tempo real pro operador, câmera ajustável que tira fotos em formato DNG, câmera com sensor de 12Mp, rádio com antenas dobráveis e sticks removíveis que funciona em conjunto com um celular ou tablet, diversos modos de foto, diversos modos de takes automáticos, diversos modos de vôo, waypoints, panorama, timelapse, diversos tipos de failsafe, aviso de ventos fortes, aviso de sobrecarga, tudo isso controlado por um aplicativo que roda no seu celular.

Vocês sabem de qual drone eu estava falando? Não importa, pois ambos possuem tudo isso.

Aí vem as diferenças mais sutis por exemplo

O Mavic Air grava em FULL HD a 120 frames enquanto o X8 grava no máximo a 100. Por outro lado o Mavic Air também faz 720p a 120 enquanto o X8 faz a 200.

A velocidade Máxima do Mavic Air é de 68Km/h enquanto a do X8 é de 65Km/h

O FIMI X8 pode subir ou descer 3,6 quilômetros por hora mais rapidamente que o Mavic Air

O Mavic Air já vem com 8Gb de memória internos que são ótimos pra quando a gente esquece o cartão SD em casa

O Mavic Air tem sensores anti-obstáculo na frente e atrás enquanto o X8 só tem na frente

E a vontade que tenho pessoal, vocês devem saber disso, é dar um empate neste quesito já que eles são muito semelhantes, até porque eu sempre questionei bastante o valor dos sensores de obstáculos para o usuário comum, que podem levar a uma falsa sensação de segurança e acabar aumentando os riscos de acidente, mas como aqui ambos os projetos consideram essa uma funcionalidade importante, já que, né, ambos têm, então nesse contexto o projeto do Mavic Air é mais completo, e somado aos 8Gb internos, à velocidade maior, e mais uma coisinha ou outra eu decidi então dar a vitória ao Mavic Air, o que pode ser revisto futuramente quando tivermos mais informações do mundo real sobre ele. Mas por enquanto

FIMI X8 2 x 3 DJI Mavic Air

PREÇO

Pessoal, em um dos vídeos anteriores dessa série eu falei que não estaria julgando a facilidade de manutenção e de encontrar peças de reposição pois isso sempre daria um ponto garantido pra DJI em todos os comparativos, mas então porque eu estou levando em conta o preço, já que isso seria um ponto garantido para os concorrentes em todos os vídeos? Bom pessoal, eu confesso pra vocês que o que me motivou a dar continuidade nesta série foi o feedback positivo de vocês, e que quando eu gravei o primeiro eu não tinha pensado sobre isso. Apesar disso, enquanto eu escrevia o roteiro para esse vídeo aqui eu cheguei à seguinte conclusão. A DJI tem hoje cerca de 70% do mercado de drones no mundo, no Brasil esse número deve ser ainda maior. E mudar isso não é uma coisa que uma fabricante possa fazer ao lançar um novo drone, muito pelo contrário, vai ser preciso o esforço de muitos fabricantes ao longo de muitos anos pra conseguir fazer isso, isso se um dia conseguirem.

Já lançar um drone mais barato sim, é algo que depende exclusivamente da vontade e da capacidade da empresa e temos diversos casos de empresas entrantes que lançaram drones na mesma faixa de preço da DJI como é o caso da Autel com o EVO, da Parrot com o Anafi (aqui e aqui) que custava pouco menos que o Mavic Air mas cuja bateria era mais cara, e do Yuneek cujos preços dos drones também são bem parecidos com os da DJI.

E é por esse motivo, e pelo fato de o FIMI X8 custar cerca de 300 dolares a menos que o Mavic Air que no quesito preço eu decidi dar a vitória pra ele, então

FIMI X8 3 x 3 DJI Mavic Air

Share This Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Lost Password

Register

Receba mais conteúdos como este
em seu e-mail

Se inscreva em nossa lista e receba notícias, reviews e novidades do mundo dos drones, aeromodelos e outros veículos radio-controlados.

Obrigado por inscrever-se.

Ops! Alguma coisa deu errado :(